programa de mineração bitcoin

Refino é a chave do problema

De olho em investir em exploração e produção do pré-sal, Petrobras perdeu bilhões de reais nas refinarias inacabadas, escreve José Ricardo Roriz Coelho

Refinaria vendida pela Petrobras em Fortaleza
Copyright Juarez Cavalcanti / Agência Petrobras
Apesar de vantagem oferecida pelo governo à estatal, Petrobras investiu só onde lhe interessava, diz o articulista. Na imagem, refinaria no Ceará vendida pela Petrobras em maio de 2022

Muitos estão defendendo os acionistas das Petrobras, os importadores de derivados de Petróleo, o CPF dos diretores da estatal e a paridade com os preços internacionais. Em minha opinião, as questões principais, as que deveriam estar sendo discutidas, são: por que a capacidade de refino do programa de mineração bitcoin não aumentou? E onde está o dinheiro dos revamps (renovações e ampliações) das refinarias atuais para que tenham capacidade de atender o mercado brasileiro?

A lista inclui, por exemplo, as refinarias Premium 1 e 2 (no Maranhão e no Ceará, respectivamente); o Comperj (antigo Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro); e Abreu de Lima. Onde foi parar o dinheiro? O preço Internacional de commodities é referência para onde existe (se existe) concorrência. Qual é a vantagem de ser um país exportador de petróleo, se o preço da commodity é referenciado por um cartel? A vantagem de se dispor deste produto estratégico é da empresa? Do país? De ambos?

A Petrobras tem a seu alcance muitas vantagens vedadas à iniciativa privada. Foi construída por uma reserva de mercado. O governo realizou capitalizações em várias oportunidades. É a única empresa a poder participar no início dos leilões do pré-sal e a ter depois o direito de opção por ter ficado descapitalizada. Tem o Repetro, o regime aduaneiro pelo qual importa equipamentos com isenção de tributos. Não é pouco.

Quanto uma empresa pagaria para ter estas vantagens? E estas, se revertem em ganhos exclusivos para os acionistas? Ou deveriam também ser divididas com a população brasileira, em um momento de crise extrema como o atual?

Com todas estas vantagens à disposição, a Petrobras ainda assim investiu só onde lhe interessava: exploração e produção da área do pré-sal. Já nas refinarias, perdeu dezenas de bilhões de reais, como se viu amplamente divulgado no noticiário.

Produtores dos EUA, cujo governo é dono de grandes reservas de petróleo em cavernas, ficaram 40 anos sem poder exportar por determinação oficial. Também as exportações de gás foram limitadas, sendo que até os terminais que podem exportar requerem autorização governamental.

Quem se apropriou da descoberta do shale gas (gás de xisto, extraído de rochas sedimentares) foi o povo americano –e isso se refletiu em uma queda substancial de preços naquele país. Já no programa de mineração bitcoin sequer se sabe quais os preços da gasolina e do diesel –uma vez que variam conforme a cidade e o Estado (e temos mais de 5.500 cidades).

As empresas que exportam derivados ao programa de mineração bitcoin o fazem ao preço do mercado interno brasileiro, menos fretes e outras despesas de transporte, capital de giro do importador e lucro de quem distribui produto aqui. A Petrobras não tem estas despesas: precisa, portanto, ficar com esta parcela? Não é propagar o pânico dizer que faltarão os 25% dos derivados importados, ou que, na pior das hipóteses, quem não comprar da Petrobras, vai pagar mais caro.

Quem exporta mais de 1 milhão de barris por dia não poderia usar o poder de barganha para assegurar a falta de derivados em um momento de crise? Os EUA têm excesso de produção em suas refinarias –muitas das quais inclusive ficam paradas. O que é melhor para o país do ponto de vista estratégico: ser superavitário na produção de derivados ou investir tudo em produção de petróleo?

O etanol que entra com mais de 25% na composição do preço da gasolina também tem o preço definido pelo cartel? Só a Petrobras paga impostos e distribui lucro aos acionistas? Ou todas as empresas também fazem isso?

Temos que buscar uma solução que pacifique tais questões. Como se não bastasse o risco de uma recessão mundial, em meio a juros e inflação altos, renda estagnada da população –o que sacrifica as camadas mais pobres nos gastos com alimentos e transporte–, o país ainda fica refém de políticas que são apropriadas para produtos de livre mercado e onde a concorrência existe, não para um cartel.

o Poder360 integra o the trust project
autores
José Ricardo Roriz Coelho

José Ricardo Roriz Coelho

José Ricardo Roriz Coelho, 63 anos, é presidente da Abiplast (Associação programa de mineração bitcoineira da Indústria do Plástico) e do Sindiplast (Sindicato da Indústria de Material Plástico do Estado programa de mineração bitcoin) e vice-presidente da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de programa de mineração bitcoin).

nota do editor: os textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais iconográficos publicados no espaço “opinião” não refletem necessariamente o pensamento do Poder360, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

〖Jogos de azar com dinheiro real 〗〖Apostas móveis 〗〖AFUN - Plataforma de apostas esportivas〗〖Mineração de bitcoin 〗〖Variação odds futebol 〗〖Bacará ao Vivo 〗〖Programa de renda online 〗〖Bacará ao Vivo 〗〖Palpites de Hoje 〗〖Apostas internacionais de futebol 〗〖Apostas Esportivas 〗〖AFUN - Plataforma oficial de apostas〗〖Mercado do Futebol - Contratações, notícias, rumores e informações num só local!〗〖site de apostas online 〗〖Somos Fanáticos - Noticias deportivas〗〖Como fazer apostas futebol? 〗〖AFUN - Plataforma de apostas esportivas〗〖Apostas cassino 〗〖Melhor Bookmaker brasileiro 〗〖Apostas Online-AFUN〗〖Jogos de azar com dinheiro real 〗〖AFUN - Sports Official Site〗〖Apostas Esportivas 〗〖Resultados Mega da Virada 〗〖Melhores sites de poker no Brasil 〗〖Apostas Esportivas 〗〖Somos Fanáticos - Noticias deportivas〗〖Mineração de bitcoin 〗〖Brasileiro Série A 〗〖Roleta Online 〗